Estado confirma mortes por chikungunya no Noroeste em 2019

https://secureservercdn.net/184.168.47.225/426.c48.myftpupload.com/wp-content/uploads/2020/01/640x480-e968f1ccd8c24d20d9edd45a1e18ad50.jpg

Em 2019 a chikungunya matou 64 pessoas no estado do Rio de Janeiro. Na região foram registrados dois óbitos, um Bom Jesus do Itabapoana e outro em Italva. Os dados foram divulgados pela superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da secretaria estadual de Saúde.

Na última semana, a secretaria de Estado de Saúde fez um alerta: o sorotipo 2 da dengue, responsável pelas grandes epidemias no Brasil, em 2007, 2008 e 2009, deve voltar a circular entre a população fluminense neste verão.

A orientação é que a população continue vigilante e realizando ações preventivas, como não manter pneus em áreas sem cobertura, garrafas e outros objetos que possam criar focos do mosquito Aedes aegypti. A maior parte dos focos do mosquito é encontrada nas residências habitadas e em quintais, por isso, é fundamental a participação da população.

Rádio 96.9 FM

Obrigado por acessar nossa página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s