Justiça condena ministro Moreira Franco e ex-prefeito a devolverem R$ 2 milhões aos cofres públicos

A ação civil pública diz que houve irregularidades no repasse de dois cheques para o pagamento de merenda escolar.

Anúncios